As mudanças na rotina que me ajudaram a ler mais

agosto 04, 2018


Os meus anos são sempre divididos em momentos de muita leitura e meses sem ler absolutamente nada. Eu começo o ano comprometida com as leituras, mas ao chegar no meio do ano eu já fui engolida por todos os afazeres, estudos e compromissos, de forma que só no segundo semestre eu retomo e, aos trancos e barrancos, me arrasto tentando cumprir as metas até o final do ano!

Já tem muito tempo que eu quero mudar essa realidade que tanto tem se repetido em minha vida. Por isso, comecei a pensar quais seriam as formas e a mudanças que eu teria que realizar na rotina para que eu conseguisse ler mais e mais. O importante mesmo não é nem ler muito, mas sim continuar lendo, com equilíbrio, com frequência.

Depois de refletir sobre isso, estabeleci em primeiro lugar que eu deveria criar um compromisso diário. Eu sei que isso é bastante óbvio, mas realmente foi o primeiro passo. O compromisso era: não ir dormir sem ter lido pelo menos uma página de algum livro. Então, mesmo nos dias em que eu estava exausta e que não houve tempo nenhum para a leitura, eu precisava me esforçar pra ler, no mínimo uma página.

Estabelecido o compromisso, decidi separar pequenos momentos para leitura de modo que não atrapalhasse meu dia.Para tanto, comecei a dedicar o meu horário de almoço para a leitura. Inclusive, eu posto todos os dias lá no instagram (@karolgoncalvesblog) o andamento das minhas leituras no descanso de 13-14h.

Nos dias que dá, tiro um tempinho no final da tarde também para ler um pouco, ainda que seja um período bem curto, entre 15 e 30 minutos. Para que esses períodos de leitura sejam otimizados sem qualquer distração, eu evito usar o celular, inclusive, uso o aplicativo Forest para marcar o tempo e ajudar a impedir distrações em outros aplicativos. Já falei sobre esse app no post sobre aplicativos para ajudar nos estudos (veja aqui).

Essas mudanças que eu comentei até aqui foram importantes demais para que conseguisse manter um fluxo contínuo de leitura. Entretanto, descobri outro elemento que me ajudou demais e que eu não fazia ideia que seria tão poderoso: participar de leitura conjunta e projetos. Gente, desde que eu entrei na leitura conjunta de O Conde e agora com o projeto de ler IT, descobri que eles instigam o leitor, ajudam a firmar o compromisso com a leitura por causa das metas e o desejo de encarar aquele desafio instiga o leitor a prosseguir!

Por isso, não apenas separem momentos para ler e procurem ler todos os dias, como também participem de projetos, leiam livros em companhia de outras pessoas, procure ter com quem conversar sobre literatura que certamente isso tudo te ajudará a manter o ritmo!

Mas não para por aí, porque eu tenho uma dica extra! Eu descobri que ter livros em diversos formatos também ajuda demais. É legal que você procure ler não apenas no físico, como também ler o ebook ou até o audiobook. Eu estou testando os três atualmente (em breve volto pra falar sobre isso) e acho que finalmente entendi que cada um cobre uma finalidade diferente do leitor, sem precisar ser comparado um com outro.

Então, se eu estou no conforto do meu lar, leio o físico, mas em uma fila de banco ou aguardando um compromisso, sempre leio no Kindle e agora estou lendo enquanto ando na rua ou quando estou no transporte já que posso ouvir o audiobook. Cada um serve pra um tipo de experiência e quando eu me cobri de tipos de livros que se encaixam em cada situação da minha vida, percebi que eu poderia ler muito mais!

Ainda sobre o tema, vou deixar um vídeo de indicação pra vocês. A Pam Gonçalves comprovou como é possível alavancar suas leituras lendo apenas 30 min por dia. Ficou bem fácil de perceber que tempo não é o problema quando você dedica apenas uma pequena parcela dele à leitura, afinal ela sempre te recompensa, mesmo quando você não reserva tantos momentos para ela. Não deixem de ver o vídeo:



A verdade é que a gente precisa estar disposto a mudar algumas coisas para dar espaço para outras que gostaríamos de fazer. O bom é que os livros são amigos gentis e estão ali para nos acompanhar mesmo quando não dedicamos tanto tempo a eles. E a verdade é exatamente essa, você não precisa parar a sua vida pra ler, muito pelo contrário. Basta que você se proponha a fazer pequenos ajustes que com certeza vai ser possível ler mais!

Crédito: Foto.

Posts relacionados

2 comentários

  1. acho que ter um livro sempre com vc, ler em varios formatos, e substituir uma serie, celular etc por leitura tbm ajuda

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Eu faço a mesma coisa. Eu não gostava de ler, aí fiz uma promessa e consegui cumprir no período estipulado, quando percebi eu amava ler. Aí criei o compromisso de ler todo dia, nem que fosse 1 página, mas sempre ler. É o que faço até hoje. Mas tenho lido antes de dormir, mesmo que eu esteja com sono leio um pouquinho. É o único momento do dia que consigo ter tempo para ler. Já eu não gosto de ebook e audiobook. Gosto do livro físico, do cheiro, de sentir eles na minha mão.

    Beijos,
    Gaby Dahmer

    ResponderExcluir