O Deus dos séculos me alcançou (inspirado no Salmo 41)

maio 21, 2018



Não vi os séculos que passaram
Não verei os que virão
Saber que, de tudo que passei
Do malgrado às pequenas partículas de felicidade
Apenas represento alguns pouquíssimos anos
Da grande parcela de tempo compreendida em um século apenas
Que miserável sou, apenas um ponto
Um grão de areia
Uma partícula mínima perdida na história
Pobre e sem representação
Refugiado, fugitivo, inalcançável e sem esperança
Os séculos pareciam muito para mim
Até que aquele que é bendito de séculos em séculos
Aquele que é o dono de todo o tempo
Decidiu que os meus poucos anos de vida tinham importância
Deu-me valor, teve piedade de mim
E prometeu a bem aventurança aos que atentassem aos pobres como eu
Diante da Tua face viverei os meus dias
Preservarei-me na sinceridade do Teu amor
Em Tua piedade, capaz de sarar a minha alma pecadora, pretendo viver para todo o sempre
Deixei de ser insignificante para a história
E passei a ser parte da história do dono do tempo
Fui alcançada pelo Deus dos séculos
E o tempo, antes meu infortúnio
Agora é minha tela, meu palco
E eu utilizo todo o que me resta para anunciar
Que o Deus que é dono dos séculos e dos milênios
Me escolheu desde quando minha vida não passava de milésimos de segundos.

Karol Gonçalves.



  • Pessoal, o post de hoje é curtinho. Li o Salmo 41 e tive vontade de escrever algumas linhas sobre o Deus maravilhoso que me resgatou. Pretendo fazer isso após a leitura de outros Salmos. Quem sabe não vira um projeto, né? Espero que gostem!




Posts relacionados

2 comentários

  1. Lindo! Escreva mais textos assim...
    "Diante da Tua face viverei os meus dias"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada. Fico feliz que tenha gostado! Pretendo escrever mesmo. Os Salmos são tão maravilhosos!!!

      Excluir