Sobre Deus

abril 01, 2018


Já li muitos livros, vários dos clássicos mais aclamados pela literatura mundial. Conheci muitas histórias de amor e me emocionei com as maiores paixões e amores já escritos pelo homem nos livros. 

Ao mesmo tempo, estudei muitas teorias sobre a natureza humana, sobre o que os filósofos pensavam a respeito do surgimento do mundo e sobre a consciência social necessária para que o homem viva em sociedade. 

Estudei as leis, os conceitos de moral, ética e justiça no ponto de vista dos mais variados filósofos e pensadores que a humanidade conheceu.

Entretanto, nenhum dos livros já escritos pelo homem foi capaz de passar perto do amor maior de Deus por nós. Nenhuma das teorias sobre o surgimento do mundo fazem jus ao incrível plano de Deus para a humanidade. Da mesma forma, ninguém nesse mundo foi capaz de conhecer de ética, retidão, consciência social, moral e justiça como Jesus em conduta impecável durante sua passagem pela Terra. 

Nenhum enredo é tão poderoso e belo quanto o que Deus criou e, por infinita misericórdia, nos inseriu nele. Mesmo sem merecer, passamos de personagens insignificantes para os personagens principais da maior história de amor, planejada por Deus e executada por Jesus com amor infinito, cuidado constante e exemplo eterno para nossas condutas.

O mais curioso era que eu não entendia completamente esse enredo. Eu sempre acreditei e tive gratidão eterna pela história de Jesus, mas várias vezes durante a minha vida eu me perguntei se não havia um jeito menos doloroso de a humanidade ser salva. Questionei o porquê de Jesus, tão imaculado, ter que passar pelo calvário em favor de pecadores como nós. Pura ingenuidade de quem ainda não tinha um relacionamento profundo com Deus.

Muitos anos depois e após a decisão de realmente manter um relacionamento diário e profundo com Deus, em um dos meus jejuns, comecei a ler o livro O Anseio Furioso de Deus, escrito por Brennan Manning que foi teólogo e especialista nas Escrituras Sagradas. Em breve exposição, o autor explica o anseio de Deus, que ele considera furioso, por ser o projeto de amor e de salvação que Ele criou para nós.

O anseio imenso e, segundo ele, furioso de Deus consiste em querer a salvação e vida eterna para todos nós. É um projeto de amor infinito, de tirar o homem da escravidão, da tristeza, da miséria e nos conceder bênçãos e felicidades sem fim que Ele nos pode dar. É o projeto de viver, criador e criatura unidos pelo maior amor já visto. É o plano de conhecer a toda a glória e virtude do Pai. É o plano de nos fazer conhecer a fonte eterna de vida e viver sempre nela.

Complementando o meu estudo naquele jejum, em 2 Pedro 1:3-4 descobri a menção perfeita ao plano do Senhor: "Visto com o o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e à piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou por sua glória e virtude, pelas quais Ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que, pela concupiscência, há no mundo [...]".

Eu entendi que para a realização desse projeto, para cumprimento das grandíssimas promessas, para que conheçamos a vida eterna livre de pecados, enfim, para cumprir o anseio de Deus e nos salvar, a maior prova de amor seria dada, porque fomos alcançados pelo maior amor e misericórdia existentes. Não haveria prova de amor maior que entregar Jesus, o filho do Deus altíssimo, cordeiro limpo e imaculado para nos salvar, para desatar as amarras, para que fôssemos livres.

É tanto amor, meus queridos! Tanto amor que se torna impossível traduzi-lo através das minhas pobres palavras.

De qualquer forma, Jesus veio ao mundo, deu as maiores provas de conduta impecável, de amor, obediência e fidelidade ao Pai. Nos respeitou, amou e manteve um compromisso conosco. Logo nós, pecadores incapazes de retribuir o mesmo compromisso. Fomos alcançados e o exemplo de conduta reta nos foi dado.

Não desistiu de nós, resistiu, nos separou, libertou e prometeu a vida eterna! Morreu por nós e só de pensar em tamanho sofrimento passado por alguém tão santo, tão justo e tão imaculado, lágrimas tomam conta de mim. Para completar o projeto, ressuscitou! Retornou ao Pai, nos enviou o consolador e prometeu voltar para nos buscar. 

Continua conosco hoje, em nossos corações, recebe os nossos louvores, aceita a nossa oferta e visita os nossos corações. Desconheço amor maior, desconheço compromisso e dedicação tão firmes. Não merecemos, mas fomos alcançados pela infinita misericórdia.

Não bastasse, esse amor nos levanta todos os dias, nos faz fortes, escuta os nossos clamores e acalenta nossas dores. Sinta-se alegre hoje, pois Ele ressurgiu e nem a morte pode vencer o autor da nossa fé!

Enquanto Ele não retorna para nos buscar, vou continuar a estudar as teorias e a ler os livros. Entretanto, finalmente entendi que a mais bela história é a nossa, que foi projetada e está sendo escrita pelo criador do Universo. Que segurança, queridos! Que tranquilidade recai sobre o meu coração ao saber que a minha vida está sendo cuidada com muito mais atenção e amor do que eu mereço.

A maior história de amor é a nossa, as teorias não farão sentido perto de um Deus de milagres. Continuarei a estudá-las e permanecerei lendo os livros criados pelo homem, mas no coração recai o maravilhoso sentimento de que o que Deus nos tem reservado é muito maior do que qualquer criação humana.

Posts relacionados

0 comentários