Como eu me organizo + Meus Planners

abril 04, 2018


Escrever sobre organização é algo que eu gosto demais. Sempre fui apaixonada pelo tema e ao longo da minha vida pesquisei e fiz muitos testes a respeito da forma como eu deveria me organizar. São muitas formas possíveis e a ideia é que você também faça esses experimentos para descobrir o que melhor funciona pra você, caso você tenha vontade de se organizar melhor.

Para mim, organização é sinônimo de papel, anotação, agenda, planner. Já usei várias agendas, testei o bullet journal ano passado, usei o planner versátil da ACraft também em 2017 e por fim me encontrei nesse planner bem baratinho e simples da Tilibra.

Então, o primeiro fator sobre a minha forma de me organizar é que eu uso planner pra fazer isso e anoto tudo que eu preciso fazer, todas as minhas metas, meus compromissos. Gosto de planner porque nele você consegue ter uma visão da semana inteira e isso é incrível! Em apenas duas folhas você analisa toda a sua semana e consegue ver de forma mais ampla, o que facilita na hora de distribuir as funções durante a semana!


Para 2018, eu decidi usar 2 planners da Tilibra, o dourado e o branco, que são os modelos de nº. 5 da coleção West Village. O dourado eu uso apenas para estudo e o branco eu uso para todos os outros aspectos da vida (trabalho, blog, compromissos, dívidas...). Preferi fazer essa divisão porque eu estudo para concurso público, como alguns já sabem, e isso faz com que os estudos precisem de uma organização especial e de um espaço específico que não caberia em apenas um.

Até agora, os planners da Tilibra foram os melhores para a minha organização. Eles são super fininhos e leves, fáceis de carregar e foram muito baratinhos! Pra quem é de Salvador, eu comprei os dois nas Lojas Americanas, um no Shopping Piedade e o outro no Bela Vista e eles estavam custando R$20,00 cada.

A estrutura deles é diferente. O planner branco é bem tradicional, tem a visão geral de todos os meses, como um calendário normal e a visão semanal é organizada a cada duas páginas, sendo que na da esquerda ficam os dias de segunda a quarta e na direita fica de quinta a domingo.


Nos calendários (foto acima), eu anoto os principais compromissos, como datas de audiência, vencimento de boletos e atividades diversas que sejam muito importantes. Além disso, anoto os posts do blog que eu pretendo liberar e depois volto marcando se eles realmente foram criados e postados. Gosto de fazer isso no calendário porque, no final do mês consigo ver a quantidade de posts que consegui publicar.

No cantinho direito (que não aparece na foto), eu anoto datas de eventos que acontecem ou devem acontecer todos os meses pra eu marcar a frequência deles, como por exemplo, data do ciclo menstrual, data que eu fiz depilação, sobrancelha e outros assuntos pessoais.


O planejamento semanal eu faço dia a dia, sempre na noite anterior. Então, a organização da segunda eu faço no domingo a noite, a de terça eu faço na segunda a noite e por aí vai. Inclusive, essa é uma das dicas do livro Milagre da Manhã para ter mais produtividade. Falei sobre esse livro aqui e contei como foram as minhas primeiras duas semanas aqui.

O Milagre da Manhã passou a ser um dos fatores importantes da minha organização e eu aconselho fortemente que vocês leiam esses posts!

Quando eu acordo e faço o meu Milagre da Manhã, começo a cumprir as atividades que descrevi na noite anterior e a marcar as atividades concluídas. Coloco post-its com as metas da semana e com lembretes importantes sobre trabalhos, prazos ou compromissos inadiáveis. Em algumas semanas eu coloco umas frases motivacionais também, rs...


Procuro escrever as atividades na ordem que elas serão realizadas. Claro que se aparecerem coisas novas para aquele dia, vou adicionando.

Quando tenho alguns trabalhos para concluir, gosto de fazer uma lista (to do list), com os trabalhos todos numerados, pra eu ter uma noção geral do que ainda falta e vou distribuindo todos eles ao longo da semana.

Em resumo, queridos, a organização do planner não passa de listas diárias de atividades para cumprir! Claro que é muito importante escrever na noite anterior para que você já comece o dia sabendo o que será realizado naquele período!

Agora vamos falar sobre o planner dos estudos!


A estrutura dele é constituída pela visão semanal apenas na página da esquerda e uma folha pautada em branco do lado direito. Eu adorei esse modelo para os estudos, ficou ideal. Do lado esquerdo eu anoto todas as atividades relacionadas ao estudo. Não vou me aprofundar muito nisso porque vou fazer um post específico sobre como eu organizo os estudos. Mas o que dá pra adiantar é que eu distribuo as atividades, como ler tal assunto no livro até a página tal, assistir a aula sobre tal assunto, fazer o resumo de tal matéria.

Do lado esquerdo eu anoto três coisas que considero importantes: as metas da semana, as pendências da semana anterior e um quadro de horários.

As metas são o que eu pretendo concluir naquela semana, o que eu pretendo explorar mais e que não tem sido explorado tanto. Por exemplo, escreve lá: voltar a ler lei seca. Isso porque é um elemento importante no estudo para concursos, mas que as vezes eu negligencio. Então, uso as metas para me lembrar de explorar aspectos importantes nos meus estudos.

Nas pendências, escrevo o que não foi cumprido na semana anterior e que eu preciso concluir. E isso acontece mesmo, gente. Nós não somos uma máquina de bater metas! Por vezes, a vida nos impede de seguir a rotina, aparecem imprevistos e precisamos jogar as metas para a semana seguinte. Esse espaço serve pra isso! No estudo, não dá pra ir atropelando as coisas, então é muito importante concluir ciclos passados para entrar em novos!

Nos horários eu faço uma previsão de distribuição das horas do meu dia e isso me ajuda muito. Nele eu incluo todas as minhas atividades de forma prática e resumida. Faço isso nesse espaço pra prever mais ou menos em que momento eu vou estudar e aproveito que não tem espaço para essa programação no outro planner.


Então, eu escrevo lá, por exemplo:

05 - 06: miracle morning.
06:15 - 7:00: preparar e tomar café
7 - 11: trabalhos da advocacia
11 - 12: trabalho de revisão de texto
12 - 13: almoço
13 - 15: trabalhos do blog
15 - 19: estudos
19:30 - 21: leitura

Essa é uma previsão dos horários do meu dia! Não significa que tudo vai sair como planejado. Entretanto, caso seja um dia em que não surja nada de extraordinário, eu posso seguir essa previsão pra ter certeza que dá tempo fazer tudo. Pelo menos, evita que eu fique feito uma barata tonta pra distribuir o tempo. Quando a semana está cheia de atividades diferentes, faço uma previsão por dia!

Dessa forma eu consigo manter o horário de estudo e de trabalho fixado para que as coisas não se atropelem!


Ainda no planner de estudo, criei uma parte para planejamento e controle das aulas da pós-graduação. Nele eu anoto as disciplinas, todos os textos, vídeos e leituras que eu preciso fazer até o fim daquela matéria. No momento desta foto ele ainda estava sendo elaborado. Estou preenchendo aos poucos e depois eu volto aqui pra mostrar!

Sobre os planners é basicamente isso, pessoal. Eles são a minha forma principal de organização. Quanto à divisão do tempo, procuro deixar a parte da manhã para trabalho. Separei uma hora do horário de almoço para escrever aqui no blog. E dedico a parte da tarde aos estudos. A leitura fica como última atividade do dia, para ser feita antes de dormir!

Em resumo:

Manhã - trabalho;
Começo da tarde - trabalho com o blog;
Tarde - Estudos;
Noite - leitura literária;

Separo assim porque esses são os principais aspectos da minha vida. Claro que entre uma atividade e outra eu encaixo elementos como atividade física, aulas de inglês que eu dou para meu pai e as demais atividades que podem ser mais flexíveis. Por exemplo, se hoje eu tenho muito trabalho, vou deixar para me exercitar na parte da tarde. E assim a gente vai movimentando compromissos que são mais flexíveis para conseguir fazer tudo que é preciso!


Lógico que isso é o que funcionada para mim. É MUITO IMPORTANTE que essa mensagem fique: organização é pessoal. Você pode achar o meu jeito uma maluquice ou ter um jeito COMPLETAMENTE DIFERENTE e tudo bem! Faça o que funciona pra você.

Da mesma forma, se você não gosta de escrever suas atividades, prefere seguir resolvendo cada coisa a seu tempo conforme elas vão aparecendo, tudo bem também. Não tem certo ou errado, não tem fórmula correta e sim o que funciona para cada um.

Se chega no final do dia e você consegue fazer tudo que precisa, não esquece de nada, distribui bem o seu tempo, está ótimo!!! Faça o que te faz feliz e o que te faz sentir bem!

Espero que tenham gostado do post. Me conta nos comentários se você gosta de se organizar e como você faz isso! Vamos trocar figurinhas sobre organização... 

Posts relacionados

2 comentários