De pé às 5 da manhã: 2 semanas de Miracle Morning

março 30, 2018


No último post nós conversamos sobre o livro O Milagre da Manhã, uma obra voltada para demonstrar que acordar antes do nascer do sol para praticar atividades produtivas e de crescimento pessoal é o caminho do sucesso.

Como eu comentei no post, eu estava falhando miseravelmente na função de ser produtiva. Tinha acabado de fechar um ciclo de um concurso que eu me preparava desde agosto e estava sendo bem difícil recuperar a rotina de trabalhos. Inclusive, eu tinha trabalhos importantes que precisavam ser feitos o quanto antes e eu simplesmente não conseguia produzir.

Foi nesse momento que decidi ler esse livro no domingo e fiquei tão empolgada que já comecei a testar o ritual do Milagre da Manhã na segunda feira. Duas semanas depois, estou voltando aqui para contar como foram essas duas semanas.

PRIMEIRA SEMANA!

Na primeira semana eu pratiquei o MM exatamente da forma que Hal descreve no livro. Por isso, comecei no domingo a noite a tarefa de escrever tudo que eu precisava fazer no dia seguinte e, talvez o mais importante, exercitei em minha mente a crença de que eu acordaria muito bem e que as horas de sono seriam suficientes (da forma que o autor sugere).

Não sei se por empolgação ou porque realmente funciona essa coisa de treinar sua mente, acordei me sentindo maravilhosa na segunda. Escovei os dentes, lavei o rosto, tomei água com limão, coloquei a roupa da ginástica e iniciei a meditação. Dessa vez, tentei fazer sozinha mesmo ao invés da meditação guiada. Depois, segui para as afirmações e visualizações.

Em seguida, fiz minha primeira alteração no programa, porque preferi ler e escrever antes de fazer os exercícios físicos, o que foi ótimo porque após as atividades físicas eu já podia passar diretamente para dar início às metas do dia.

Durante a leitura, eu já sabia que leria a Bíblia, porque é uma leitura que já fazia parte da minha rotina antes mesmo do MM. Na hora da escrita, decidi manter um journal e recomeçar minhas anotações no livro Uma Pergunta por Dia.

Os exercícios físicos incluíram treinos funcionais pelo youtube mesmo, porque como estou na casa dos meus pais em Minas Gerais e aqui eu não tenho como malhar ainda, já que minhas coisas estão em Salvador!

Feito isso, concluí meu MM e parti para tomar um banho e começar a trabalhar. Preciso dizer que a sensação logo no primeiro dia foi incrível, como se você realmente estivesse no controle da sua vida, com muito tempo de sobra para ser produtivo e concluir tudo que for necessário!

A programação seguiu a mesma até na quinta feira. Minha gente, quando a sexta chegou eu estava EXAUSTA, porém com boa parte do meu trabalho adiantada! Feliz, mas acabada. Na sexta não consegui acordar, fui levantar perto das 7 da manhã. Eu odiei quebrar o ciclo e senti que preciso trabalhar esse fator de não ficar desanimada cada vez que eu dormir um pouco mais!

Inicialmente, minha ideia foi não manter o MM aos sábados e domingos. Então, no final de semana eu decidi dormir um pouco mais. Porém, devo confessar que, mesmo sendo imensa a vontade de dormir mais, percebi que a produtividade do final de semana não foi a mesma e fiquei sentida por não ter acordado! É realmente viciante, rs...

SEGUNDA SEMANA!

A SEMANA DOS TESTES E DOS DESASTRES! 

Preciso ser sincera: por preguiça, parei de fazer o ritual da noite anterior que prepara o seu dia e a sua mente para o dia seguinte. O resultado foi o pior possível. Acordei exausta, voltei a dormir em alguns dias, não fui tão produtiva quanto na semana anterior.

Passei a perceber que o preparo da noite anterior é tão importante quanto acordar às 5 da manhã. Na verdade, é parte do que viabiliza que você acorde bem. Confesso que Hal ganhou uma dose a mais de credibilidade justamente por eu ter posto a prova o que ele já tinha dito.

O restante da semana foi uma tentativa de voltar a seguir direitinho os passos da noite anterior e é incrível como voltei a acordar bem.

Aproveitei que já estava em fase de adequação na segunda semana e decidi que iria fazer alterações no ritual do MM para ficar mais com a minha cara. Afinal, Hal afirma no livro que o passo a passo é completamente flexível e apto para as mais diversas alterações. O ideal é que o ritual seja ideal para você e para as suas necessidades.

Então, no lugar da meditação e passos de trabalho mental, substituí por momentos de oração, louvores e leituras da Bíblia. Foi a melhor coisa que eu fiz! Isto porque, é muito importante para mim e para o meu crescimento que eu tenha esse contato direto com Deus todos os dias. Ele é a minha fonte de vida, de alimento, crescimento e felicidade.

Não posso colocar em palavras o quanto tem sido incrível acordar antes do sol, aproveitar o silêncio para conversar com Deus, apreciar a sua presença perto de mim, fazer minhas orações, ler a Bíblia e ouvir louvores. É renovador!

A última alteração que eu fiz foi na parte da escrita. Substituí o journal pelos posts do blog (inclusive, este está sendo escrito enquanto escuto louvores maravilhosos durante o MM). Faz mais sentido pra mim, já que tenho um blog, escrever nele ao invés de em um journal.

Pra finalizar, preciso dizer que continuo cansada. Segundo o livro, vai levar um pouco mais de tempo para o corpo se acostumar com o fato de acordar antes do sol. Apesar disso, é importante destacar que as minhas metas estão mais próximas de serem cumpridas, a vida está um pouco mais organizada e sinto que devagarinho eu chego lá!

Posts relacionados

0 comentários